5 vantagens de ter um coworking dentro do condomínio

O trabalho home office tem se consolidado ainda mais nos últimos anos, e se tornou um caminho sem volta após a pandemia do novo coronavírus. 

Estar em casa traz vários benefícios ao trabalhador, que ganha em qualidade de vida, evita gastos com gasolina ou perda de tempo no trânsito, e pode, ainda, fazer as refeições com a família. 

No entanto, até dentro de casa, algumas pessoas enfrentam desafios relacionados à produtividade e concentração por estarem em meio a inúmeras distrações, como a TV, os filhos, entre outros. De fato, não é uma tarefa fácil.   

Por isso, os coworkings vêm ganhando cada vez mais espaço no dia a dia das famílias brasileiras.

De olho nessa tendência, a Morar já começou a dispor dessa novidade em seus últimos condomínios, combinando, cada vez mais, o profissionalismo do trabalho em escritório com a comodidade e a qualidade de vida do home office.

Veja, a seguir, como pode ser vantajoso ter um coworking dentro do condomínio!

O que é coworking?

Antes de tudo, um coworking é um grande escritório compartilhado com outras pessoas. 

Geralmente, ele é muito utilizado por profissionais autônomos que trabalham à distância, sendo ambientes que oferecem estações de trabalho, com mesas, cadeiras, computadores e boa conexão à internet. 

Se ele for externo, pode haver a cobrança de uma taxa mensal para manutenção ou de acordo com o uso. Se ele for interno, no condomínio, você não precisa pagar a mais para utilizá-lo (a manutenção fica por conta da administradora do edifício).

1) Conforto

Ninguém merece ter que trabalhar na cozinha ou no quarto, não é?

Com o coworking, você trabalha em um ambiente confortável e com estrutura de escritório, com cadeira ergonômica, onde você pode se dedicar aos seus compromissos profissionais sem se preocupar com dores nas costas. 

2) Flexibilidade 

Além do conforto e da melhora na concentração, nada melhor do que trabalhar praticamente em casa, podendo até se vestir de uma forma mais informal e tirar um cochilo nas pausas. 

É só descer o elevador e pronto!

3) Economia

Outro lado também positivo é a economia, onde as pessoas, com um coworking, podem evitar gastos com refeições em restaurantes, gasolina ou passagem de transporte público.

Esses pequenos gastos, no fim do mês, somam uma enorme quantia, o que faz total diferença quando precisamos de um dinheiro extra para investir ou comprar algo de emergência. 

4) Infraestrutura completa

Em condomínios residenciais os coworkings têm um foco mais voltado para a infraestrutura, já que não podemos garantir isso sempre em nossas próprias casas.

Nesses espaços costumam existir lugares destinados à reuniões privativas, para relaxar nos intervalos e até pequenas copas, com cafeteiras, geladeiras, micro-ondas etc. 

Desse modo, você consegue fazer uma pausa e ser muito mais produtivo em seu trabalho!

5) Mais possibilidades de networking

Algumas pessoas não gostam de trabalhar de casa por considerarem a rotina solitária demais. 

Contudo, ao utilizar um coworking dentro do seu condomínio, você tem a opção de se relacionar com pessoas e profissionais diferentes, que podem agregar muito à sua rotina e carreira. 

Legal, não é? 

Se animou com a novidade? Então aproveite e confira o mais novo lançamento da Morar, o Vista do Cravo, que conta com espaço coworking para você e toda a família!